Tradutor, selecione o idioma:

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

JESUS CRISTO exerceu a maior influência benigna sobre este mundo

[...]
Nenhum líder religioso, filósofo ou grande pensador exerceu uma influência tão benigna sobre este mundo como Jesus Cristo.

Contudo, milhões de pessoas se recusam a crer nEle! Por quê? Porque é  uma questão inerente à vontade do ser humano. Cada um de nós foi dotado por Deus de um livre-arbítrio que é capaz de recusar Jesus ou de  recebê-lO e de obedecer-Lhe pela fé.

A escolha é nossa.


O próprio Senhor Jesus buscava esse mesmo fator de escolha, após  confrontar os judeus de Sua época com Seu testemunho pessoal sobre Sua  identidade, com o testemunho de João Batista que O conhecia muito bem,  com todos os Seus milagres por eles testemunhados, com a voz do Pai  ecoada dos céus por três vezes, e com as Escrituras do Antigo Testamento (João 5.17-40).


Porém, a resposta que Jesus obteve deles se encontra nas seguintes palavras que Ele proferiu: “Contudo, não quereis vir a mim para terdes vida”(cf. v. 40). Apesar de tamanhas e convincentes provas, eles escolheram não crer em Jesus.

Essa escolha se apresenta a cada pessoa que ouve o Evangelho e examina as evidências

texto (parte da mensagem de Tim LaHaye)

domingo, 17 de janeiro de 2016

O Personagem Principal da Bíblia é Jesus!

Jesus é o personagem principal da Bíblia – o livro inteiro é sobre Ele. O Velho Testamento prediz Sua vinda e prepara o palco para Sua entrada ao mundo. O Novo Testamento descreve Sua vinda e Seu trabalho para trazer salvação a nosso mundo pecaminoso. 

Jesus é mais do que uma figura histórica; na verdade, Ele é mais do que um homem. Ele é Deus em carne, e Sua vinda foi o evento mais importante da história do mundo. Deus Se tornou homem para nos dar um retrato claro e compreensível de quem Ele é. Como é Deus? Ele é como Jesus; Jesus é Deus na forma humana (João 1:14; 14:9).
(parte integrante de -gotquestions/Portugues/que-Biblia)

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Nossa adoração é para ELE!

 
Glória a Deus
A adoração é para Ele. Ele é a audiência mais importante em cada culto. A adoração comunitária é uma antecipação da reunião do povo de Deus no céu.

As grandiosas cenas de adoração celestial em Apocalipse são tanto do presente quanto do futuro: nós direcionamos toda a nossa atenção para o trono; cantamos sobre a obra de Cristo; somos sinceros e diretos em nossa devoção a Deus.

Nossas reuniões semanais – sejam pequenas ou grandes, extraordinárias ou regulares – são um doce aperitivo da adoração celestial que um dia experimentaremos na eternidade.

(mensagem de
"Uma teologia da adoração" por Kevin DeYoung
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...